terça-feira, 15 de setembro de 2015

Âmbar

O âmbar não é propriamente um cristal mas sim, seiva de pinheiro fossilizada, sendo a sua origem  muito antiga,  formou-se há mais de 30 milhões de anos, talvez na zona do Báltico. Faz a ligação da Humanidade aos reinos vegetal (resina do pinheiro) e animal (pequenos insectos que, por vezes, se encontram dentro do âmbar).



É uma pedra indicada para o chacra sacral (2º) e plexo solar (3º).

O âmbar protege em viagens e era, por isso, colocado em pedaços nos túmulos dos egípcios para protecção e purificação nessa “ultima viagem”. Tem excelentes propriedades metafísicas para protecção psíquica. Neutraliza energias negativas  e cria  ao nosso redor, um escudo protector.

Equilibra energias yin e yang e liberta bloqueios emocionais, equilibra emoções. Ajuda a criarmos limites em todas as áreas da nossa vida e dá-nos força para passarmos os nossos sonhos para a realidade. Alivia o stress e elimina pensamentos de medo. 

A nível físico, ajuda a remover toxinas sendo, por isso, indicado para tratamento de rins e fígado.

Previne e trata infecções.

Absorve a dor e é excelente para as dores de dentes dos bébes.

Traga um âmbar perto de si se está a recuperar de uma doença.

Como o âmbar é uma pedra que absorve energias, deverá estar sempre MUITO bem limpa. Não descurem pois a limpeza do âmbar.

Luisa Sal


Sem comentários: