segunda-feira, 5 de março de 2012

Charoita - Pedra da transformação

É uma pedra dos novos tempos, boa para esta época que atravessamos. Foi descoberta recentemente (na década de 1960) na Rússia mais precisamente perto do Rio Chara na Sibéria. Não se conhecem outras localizações.

A sua composição química é um silicato hidratado complexo de potássio, sódio, cálcio, bário e estrôncio.

É um cristal opaco de cor violeta com traços pretos e brancos.

Facilita a tomada de consciência do verdadeiro objectivo na Terra e ajuda o alinhamento com a essência da Alma. Estimula a visão interna e a intuição.

Ajuda a vencer o medo, inclusive o medo de ter medo. Trabalha todos os medos, mesmo os mais profundos, que se escondem no ser, para que possam ser resolvidos.

Ajuda a aceitar o momento presente e facilita a aceitação dos outros. Ajuda a superar sentimentos de frustração.

Proporciona profunda cura física e emocional. Reduz o stress e a preocupação.

Equilibra o chacra da coroa

Para inibir pesadelos colocar uma charoita e uma ametista debaixo da almofada.

A nível físico trata :   -  Autismo

                                    - Perturbações bipolares

                                    - Regula tensão arterial

                                   - Cura problemas hepáticos causados pelo alcóol.

                                    - Suaviza as enxaquecas.

                                    - Trata problemas de coração, fígado e pâncreas

2 comentários:

Anónimo disse...

O autismo é a mais profunda desassumição da nossa essência pelo nosso ser consciente.Estar Zen é sentir-mo-nos genuínos, em ligação directa com o nosso Eu Interior...
Daniela Ricardo

Luisa Sal disse...

Querida Daniela não entendi o seu comentário sobre estar Zen. Estamos a falar da Charoita, certo?

Um beijo grande

Luisa